Fórum Seixal – Estudo sobre Poluentes Atmosféricos

  • 01
    Sábado
    Fevereiro 2020
15.00 h

Sessão de apresentação do estudo sobre o mapeamento de poluentes atmosféricos recorrendo a morangueiros, através do qual a Câmara Municipal do Seixal e o Instituto Superior Técnico estão a desenvolver um trabalho de avaliação da qualidade do ar na união das freguesias do Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio Pires.

Para participar no estudo tem de residir na união das freguesias, ter uma varanda exterior e habitar num r/c ou 1.º andar. As folhas de morangueiro vão absorver os poluentes na atmosfera e, após um período de 75 dias expostas ao ar, as folhas serão recolhidas e a sua composição química será analisada. Isso permitirá estudar a sua distribuição e construir mapas.

Recordamos que além do mapeamento de poluentes atmosféricos recorrendo a morangueiros, a amostragem de partículas atmosféricas e a sua caracterização química também integra o Estudo de Poluentes Atmosféricos, através de dois amostradores de partículas já instalados, na Arena Multiusos de Paio Pires.

Receba um morangueiro e faça parte deste estudo. Ajude a saber mais sobre o ar que respiramos.

Caso não seja possível comparecer na sessão, poderá solicitar o seu morangueiro através de um dos contactos.
 

Informações úteis para os participantes no estudo

Como cuidar do morangueiro?

  • Escolha um local fresco, que não receba luz solar direta, e mantenha as raízes húmidas, mas não encharcadas;
  • Não regue as folhas, não fertilize o morangueiro (pois pode influenciar os resultados) e não transplante;
  • Não fertilize o morangueiro (pois pode influenciar os resultados);
  • Não transplante.

Onde devo colocar o morangueiro?

  • De preferência, à altura do primeiro andar (ou no piso térreo);
  • Num parapeito da janela, do lado da rua;
  • Ou num terraço.

Durante quanto tempo o morangueiro deve ficar exposto?

  • Durante 75 dias. No final do tempo de exposição, o participante será contactado através de telefone ou email.

Como devo colher as amostras de folhas?

  • O participante deve colher cinco ramos do seu morangueiro;
  • Um ramo consiste em três folhas, com uma haste;
  • Deve colher o ramo pegando cuidadosamente pelo caule, sem tocar na superfície das folhas.

Que folhas devo colher?

  • Devem ser colhidas as folhas maiores (pois são as folhas que estão na planta há mais tempo e, portanto, tiveram maior exposição);
  • São precisos cinco ramos não danificados;
  • As folhas mais velhas, com apenas uma leve descoloração nas bordas, também são elegíveis, mas as folhas mortas e desidratadas devem ser descartadas.

Onde devo colocar as folhas colhidas?

  • O participante coloca as folhas colhidas num envelope fornecido pela equipa do projeto. Os envelopes são codificados e identificados com a morada do participante.

O que devo fazer ao envelope?

  • Num dia predeterminado, o participante deverá entregar o envelope numa das instalações da União das Freguesias do Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio Pires;
  • O participante deve colher as folhas no dia da entrega no ponto de recolha. Desta forma, as amostras permanecem frescas.

Que destino devo dar ao morangueiro?

  • Após este processo, a planta permanecerá propriedade do participante.
Público-alvo
Geral
Local
Sociedade Musical 5 de Outubro, Aldeia de Paio Pires

Telefone 219 946 156

Email qualidadedoar@ctn.tecnico.ulisboa.pt

Preço
Entrada livre
Adicionar evento

Está aqui