Resíduos

Resíduos urbanos (RU)

Resíduos provenientes de habitações, bem como outros resíduos que, pela sua natureza ou composição, lhes sejam semelhantes (produzidos em estabelecimentos comerciais ou industriais e de unidades prestadoras de cuidados de saúde).

Onde colocar: em contentores para resíduos indiferenciados.

Destino: os resíduos indiferenciados recolhidos são depositados no aterro sanitário do Ecoparque do Seixal, gerido pela empresa AMARSUL.

Resíduos orgânicos ou biorresíduos

Fração biodegradável dos resíduos sólidos urbanos.

Onde colocar: nas zonas abrangidas por recolha seletiva de biorresíduos, estes deves ser colocados nos contentores castanhos atribuídos para esse efeito. Em alternativa, podem ser depositados em compostores domésticos, que podem ser colocados nos logradouros das moradias

Destino: os biorresíduos recolhidos são depositados na Central de Valorização Orgânica do Ecoparque do Seixal, gerida pela empresa AMARSUL. Os biorresíduos são sujeitos a um processo de digestão anaeróbia (ausência de oxigénio) e de compostagem, cujo resultado final é o composto, que poderá ser aplicado como fertilizante agrícola. Além do composto, produz-se também biogás, que é utilizado na produção de energia elétrica injetada na rede elétrica nacional.

Embalagens e resíduos de embalagem

Embalagens de todos os produtos que são utilizadas para conter, proteger e movimentar tanto matérias-primas como produtos transformados, desde o produtor ao consumidor. Estão incluídas as embalagens de vidro, plástico, metal, papel/cartão e embalagens de cartão para alimentos líquidos (ECAL).

Onde colocar: ecoponto individual com recolha porta a porta, ecoponto de proximidade ou Ecocentro de Vale de Milhaços. 

Destino: os resíduos recicláveis depositados nos ecopontos são recolhidos pela AMARSUL e depositados na Estação de Triagem do Ecoparque do Seixal, onde sofrem um processo de separação e, posteriormente, são encaminhados para empresas recicladoras, através da Sociedade Ponto Verde.

Monos domésticos

Objetos volumosos fora de uso, provenientes das habitações que, pelo seu volume, forma ou dimensão não podem ser recolhidos pelos meios normais de recolha, como, por exemplo, mobílias velhas, sofás, frigoríficos, colchões, que não podem ser acondicionados dentro dos contentores e que, por isso, têm de ser recolhidos por viaturas especiais.

Estes resíduos volumosos são recolhidos semanalmente, em cada freguesia, devendo para isso contactar a Câmara Municipal do Seixal para agendar a recolha, através dos Serviços Online, do email seixal.limpo@cm-seixal.pt ou da Linha Seixal Limpo 210 976 011.

Calendário de recolha de resíduos volumosos 

  • Freguesia de Corroios: segunda-feira;
  • União das Freguesias do Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio Pires: terça-feira;
  • Freguesia de Amora: quarta-feira;
  • Freguesia de Fernão Ferro: quinta e sexta-feira.

Os monos não devem ser depositados junto aos ecopontos, que se destinam exclusivamente aos resíduos recicláveis.

Onde colocar: junto ao contentor de resíduos indiferenciados mais próximo ou à porta, após agendamento.

Destino: sempre que possível, algumas fileiras são enviadas para empresas de reciclagem (ex.: as madeiras são triadas e encaminhadas para a Ecociclo, empresa que se dedica à trituração da madeira e fabrico de materiais contraplacados). Os restantes monos, sem aproveitamento, são enviados para o aterro sanitário do Ecoparque do Seixal.

Resíduos verdes

Resíduos provenientes da limpeza e manutenção de jardins, espaços verdes públicos e das habitações, nomeadamente aparas, troncos, ramos, corte de relva e ervas. Podem ser colocados junto ao contentor individual nos dias de recolha estipulados para a sua área de residência:

- Não deverá colocar mais do que 5/6 sacos, pois serão removidos manualmente pela equipa que recolhe o seu contentor.
- As folhas e relvas devem ser acondicionadas em sacos;
- As ramagens das árvores devem estar devidamente atadas e não devem exceder 1,5 m de comprimento;

Caso se pretenda desfazer de quantidades de resíduos superiores às especificadas anteriormente, deve optar por um dos seguintes procedimentos:


- Colocar quantidades fracionadas, devidamente acondicionadas, nos respetivos dias de recolha do seu contentor individual;
- Encaminhar diretamente os resíduos para o Ecocentro de Vale de Milhaços, sito na Av. Fábrica da Pólvora;
- Solicitar o aluguer de um contentor de grande capacidade (multiben), na Loja do Munícipe mais próxima, através dos Serviços Online, do email seixal.limpo@cm-seixal.pt ou da Linha Seixal Limpo 210 976 011.

Tarifário e preçário municipal
Aluguer de contentor de 15 m3 para acondicionamento de resíduos volumosos (monos e resíduos verdes): valor sem IVA – 84,94 euros (taxa de IVA: 6 %).

Resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos (REEE)

Todos os componentes, subconjuntos e consumíveis que fazem parte integrante de equipamentos elétricos e eletrónicos fora de uso e estão dependentes de correntes elétricas ou campos eletromagnéticos para funcionar.

Onde entregar: AMARSUL Ecoparque do Seixal, Recielectric, Transucatas, Pontos Eletrão das Lojas do Munícipe (apenas lâmpadas e pequenos eletrodomésticos), RioSul Shopping (junto à Worten), E.Leclerc, Mercado de Levante de Corroios e Serviços Centrais da Câmara Municipal do Seixal. Encontre o ponto da Rede Electrão mais próximo de si em: https://ondereciclar.pt/.

Destino: os REEE são encaminhados para empresas recicladoras, através das entidades gestoras de REEE, onde são desmantelados e as várias componentes são recicladas, sempre que possível.

Resíduos de construção e demolição (RCD)

Resíduos provenientes de pequenas obras de construção, reconstrução, ampliação, alteração, conservação e demolição de edifícios e da derrocada de edificações.

Onde entregar: pode recorrer ao sistema de aluguer de big-bags, através dos Serviços Online, em qualquer Loja do Munícipe ou entregá-los direta e gratuitamente no Ecoparque do Seixal, até ao limite máximo de 1 tonelada por semana.

Destino: os entulhos RCD de pequenas obras recolhidos são entregues à empresa AMARSUL que sempre que possível os reaproveita para cobertura de caminhos e acessos no aterro sanitário.

Óleos alimentares usados (OAU)

Óleos de origem vegetal, resultantes da preparação de refeições.

Onde depositar: nos oleões existentes na via pública.

Destino: o óleo é recolhido e entregue num operador licenciado, onde será transformado em biodiesel, um combustível menos poluente com características que promovem um melhor desempenho ambiental das viaturas.

Pilhas e acumuladores

Todo o tipo de pilhas e acumuladores, independentemente da sua forma, peso, materiais constituintes ou utilização. 

Onde colocar: podem ser colocadas nos pilhões e Pontos Eletrão disponíveis. Encontre o ponto da Rede Eletrão mais próximo de si, em https://ondereciclar.pt/.

Destino: as pilhas e acumuladores recolhidos são transportados para centros de tratamento, onde são separadas e passam por um processo de reciclagem e recuperação de componentes que podem ser utilizadas na produção de novos produtos, como, por exemplo, o zinco, manganésio e potássio para uso agrícola e o aço e níquel para produção de novos metais.

Óleos usados

Todos os óleos industriais lubrificantes de base mineral, óleos dos motores de combustão e dos sistemas de transmissão e óleos minerais das máquinas, turbinas e sistemas hidráulicos. 

Onde entregar: Ecocentro de Vale de Milhaços ou entidades protocoladas da SOGILUB – Sociedade de Gestão Integrada de Óleos Lubrificantes Usados, Lda, como por exemplo, os Serviços Operacionais da Câmara Municipal do Seixal. Encontre o ponto de receção mais próximo de si no site da SOGILUB.

Destino: os óleos recolhidos são sujeitos a tratamento prévio e de seguida encaminhados para valorização em destino final devidamente autorizado, através de regeneração (refinação de óleos usados com vista à produção de óleos base) ou reciclagem.

Pneus usados

Pneus utilizados em veículos motorizados, aeronaves, reboques, velocípedes e outros equipamentos, motorizados ou não motorizados, que os contenham.

Onde entregar: Transucatas ou num centro de receção da Rede Valorpneu. Encontre o centro de receção Valorpneu mais próximo, em https://www.valorpneu.pt/sistema-sgpu/rede-de-recolha/.

Destino: os pneus usados são encaminhados, através da Valorpneu, para reciclagem, onde são são transformados em granulado de borracha, que é incorporado em pavimento ou mobiliário urbano. Em alternativa, podem ser encaminhados para valorização energética, sendo utilizados como combustível alternativo, para produção de energia, uma vez que possuem um elevado poder calorífico.

Medicamentos fora de uso

Embalagens vazias e medicamentos fora de uso.

Onde entregar: depositar nos contentores da VALORMED, existentes nas farmácias.

Destino: estes resíduos são transportados através da VALORMED, para um centro de triagem, onde são separados, classificados e entregues a gestores de resíduos autorizados responsáveis pelo seu tratamento, designadamente, reciclagem (papel, plástico, vidro, embalagens compósitas) e incineração com valorização energética (restantes resíduos).

Está aqui