Programa Reflorestar

«Clean Up The World» é o nome do projeto, apoiado pelo Programa de Ambiente das Nações Unidas, em que Portugal adoptou um lema próprio, sob a designação de «Limpar o Mundo, Limpar Portugal», e que serviu de base em 2003 para o lançamento do Programa Reflorestar, onde o Seixal dá visibilidade à sua preocupação com o ambiente e com a qualidade de vida dos seus munícipes.

Através das ações de reflorestamento é possível promover uma consciência ambiental que vai além do espaço verde enquanto elemento harmonioso, promove-se a consciência da necessidade das árvores, enquanto fornecedora de oxigénio, vital para a existência humana, e como combate à poluição atmosférica.

Neste programa são realizadas uma série de ações com vários parceiros, com vista à plantação de árvores autóctones, adaptadas às características edafoclimáticas do concelho, em espaços verdes municipais.

Resultados

 

* Os dados referentes ao início do ano 2010 foram contabilizados tanto na época 2009/2010 como no ano 2010 (105 plantações).

Em 2014, o Seixal associou-se à Semana da Reflorestação Nacional, que decorreu de 18 a 24 de novembro, com o lema «Vamos Todos Plantar Portugal», realizando várias ações que culminaram com a plantação de cerca de mil plantas e árvores. No dia 23 de novembro, data em que se celebrou o Dia da Floresta Autóctone, a autarquia, em parceria com o Colégio Atlântico, de Pinhal de Frades, organizou um conjunto de atividades de sensibilização, com plantação de árvores adaptadas às características do solo e ao clima do concelho, em terrenos municipais junto à escola.


No dia 6 de dezembro, a União das Freguesias do Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio Pires associou-se também à iniciativa, colaborando na plantação de várias espécies na Quinta da Queimada, em Paio Pires. Esta ação contou também com o apoio da ANEFA – Associação Nacional de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente, e do banco Barclays. A área verde de Bacelos de Gaio, em Paio Pires, foi também reflorestado no dia 7 de dezembro, numa ação que contou com a colaboração do Agrupamento 585 dos Escuteiros de Corroios.

Partilhar

Está aqui