Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres

  • 29
    Sexta-feira
    Novembro 2019
15.00 h

O Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres, assinalado a 25 de novembro, relembra a data em que, em 1960, as três irmãs Mirabal, ativistas políticas na República Dominicana, foram brutalmente assassinadas a mando do ditador Rafael Trujillo. Anos mais tarde, em 1999, a Assembleia Geral das Nações Unidas designou o dia 25 de novembro como o Dia Internacional para a Eliminação de Todas as Formas de Violência Contra as Mulheres.

Para assinalar esta data, a Câmara Municipal do Seixal promove iniciativas que pretendem alertar a sociedade em geral para os vários casos de violência dirigida contra as mulheres. 


Programa

Abertura
Manuela Calado, vereadora do Pelouro da Cultura, Participação, Habitação, Juventude e Desenvolvimento Social da Câmara Municipal do Seixal
 

Apresentação da exposição O Corpo Fala, por Eduarda Quaresma

Exposição de peças da coleção de roupa da autoria de Eduarda Quaresma, munícipe do Seixal e ativista dos direitos humanos e direitos das mulheres, que apresenta mensagens de sensibilização sobre a violência doméstica, violência de género, abusos sexuais, mutilação genital feminina e também de apoio a mulheres vítimas de cancro da mama.
 

Apresentação do livro «Maus Tratos a Pessoas Idosas», de Dália Costa e Mauro Paulino

Este livro trata o problema da violência sobre as pessoas idosas recorrendo a diferentes áreas disciplinares: da demografia à psicologia, passando pelo direito, pelo serviço social, pela enfermagem e pela sociologia. 
Apresenta modelos de intervenção e instrumentos de deteção de maus-tratos e de avaliação da atuação dos diversos profissionais, reflete sobre temas inovadores, como o envelhecimento de pessoas com deficiência, a intervenção psicológica após a descoberta de maus-tratos, a avaliação neuropsicológica, a perícia de escrita manual e o suicídio cometido pela população idosa.
Uma obra de leitura obrigatória para profissionais, estudantes e investigadores de várias áreas, bem como para todos os que trabalham na defesa e na promoção dos direitos das pessoas idosas.

Público-alvo
Geral

Telefone 212 276 700

Preço
Entrada livre
Adicionar evento

Está aqui