Azulejo é Fogo Que Arde Sem Se Ver

  • 09
    Sábado
    Fevereiro 2019
15.00 h

Preparação de um dia dos namorados muito especial (entre Camões e Pessoa), descobrindo a obra do mestre Manuel Cargaleiro e procurando nela a inspiração para decorar um azulejo romântico ou concluir que todos os azulejos de amor são ridículos… 

«Mas, afinal, 
Só as criaturas que nunca pintaram 
Azulejos de amor 
É que são
Ridículas.»

Álvaro de Campos, em «Poemas»
Heterónimo de Fernando Pessoa

Público-alvo
Geral

Telefone 212 275 785

Email arte.se@cm-seixal.pt

Preço
Participação gratuita, sujeita a inscrição
Adicionar evento

Está aqui