Saúde debatida em ciclo de webinars

-
08 Fev '22

O ciclo de webinars Conversas com a Saúde decorre ao longo deste ano e apresenta projetos municipais que visam a promoção da saúde, contando com a participação de especialistas, parceiros e da comunidade em geral.

VAssente no Quadro de Referência da Governação Local para a Saúde, a iniciativa dará primazia a projetos e iniciativas em parceria, que contribuem de forma decisiva para um município promotor da saúde e de comunidades mais saudáveis, envolvendo as entidades parceiras e dando enfoque aos diversos intervenientes, experiências e opções adotadas, promovendo a partilha de boas práticas desenvolvidas no concelho.

O ciclo Conversas com a Saúde está diretamente relacionado com os 6 Pilares da VII Fase da Rede Europeia de Cidades Saudáveis da Organização Mundial da Saúde:

  • Investir nas pessoas que compõem as nossas cidades;
  • Conceber lugares urbanos que melhorem a saúde e o bem-estar;
  • Promover a participação e parcerias para a saúde e bem-estar;
  • Melhorar a prosperidade das comunidades e o acesso a bens e serviços comuns;
  • Promover a paz e a segurança através de sociedades inclusivas;
  • Proteger o planeta da degradação nomeadamente através da produção e do consumo sustentáveis.

Estes pilares, que estruturam o Movimento Europeu de Cidades Saudáveis, estão alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, havendo uma harmonia conceptual e metodológica quanto ao Quadro de Referência para a Governação Local para a Saúde.

Os webinars, que decorrerão entre fevereiro e novembro de 2022, contarão com a preleção de variados peritos e profissionais, e incluirão um período para debate e colocação de perguntas pelos participantes. O ciclo culminará num relatório de sistematização das principais conclusões e respetiva avaliação.

Webinars

24 de fevereiro - Das 15 às 17 horas

Reflexão sobre a Covid-19 no Município do Seixal
Pessoas – Combate à Pandemia Covid-19: Como Antecipámos, Reagimos e Mitigámos os Impactos

Objetivos:

  • Refletir sobre o impacto da covid-19 no concelho do Seixal;
  • Como antecipámos, reagimos e mitigámos os impactos da Pandemia;
  • Conhecer a forma como as entidades se prepararam perante o Estado de Emergência e como responderam aos desafios no concelho do Seixal;
  • Saber quais as medidas que as entidades envolvidas na linha da frente adotaram para responder aos desafios no concelho do Seixal durante o confinamento geral da população;
  • Refletir sobre lições para o futuro.

Moderador
Paulo Silva, vereador do Pelouro da Cultura, Juventude, Participação, Desenvolvimento Social e Saúde

Preletores
Lína Hernández, delegada de Saúde, Unidade de Saúde Pública do ACES Almada-Seixal
Mirieme Ferreira, coordenadora do Gabinete Seixal Saudável da Câmara Municipal do Seixal
Anabela Ribeiro, presidente do Conselho Clínico e de Saúde do ACES Almada-Seixal
Paula Realista, enfermeira diretora do Hospital Garcia de Orta
Alexandre Pedro Alves, subchefe dos Bombeiros Mistos do Concelho do Seixal
Sofia Gordinho, comandante da Divisão Policial do Seixal da PSP

Destinatários
Público em geral

24 de março – Das 15 às 17 horas

Reflexão sobre a Covid-19 no Município do Seixal
Pessoas – Respostas Integradas à Covid-19: o Caso da Vacinação e das Escolas

28 de abril - Das 15 às 17 horas
Participação - Literacia em Saúde e Estilos de Vida Saudáveis

Sessão presencial

7 de junho - Das 15 às 17 horas
Pessoas – Nascer e Crescer Saudável no Concelho do Seixal

Documentos:
Desenvolvimento da Criança a e Importância da Consulta de Vigilância em Crianças até aos 5 Anos
Respostas de Infância e Juventude_enquadramento
Respostas sociais Seixal infancia e juventude
Respostas sociais Seixal infancia e juventude (rede privada)

Próximas sessões

29 de setembro - Das 15 às 17 horas
Pessoas – Saúde Mental e Bem-Estar em Tempos de Pandemia

10 de novembro - Das 15 às 17 horas
Prosperidade e Paz – Bairros Saudáveis

 

O município do Seixal coordena, desde 2002, a Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis (RPMS), uma associação de municípios, constituída em 10 de outubro de 1997, que tem por missão apoiar a divulgação, implementação e desenvolvimento do projeto Cidades Saudáveis nos municípios que assumem a promoção da saúde como uma prioridade da agenda dos decisores políticos. A RPMS desenvolve uma metodologia estratégica de intervenção baseada nos princípios essenciais do projeto Cidades Saudáveis, que são a equidade, a sustentabilidade, a cooperação intersetorial e a solidariedade.

Partilhar

Está aqui