«Mais limpeza? Junte-se a nós!»

Em 2019, é lançada uma nova fase do projeto de limpeza e higiene urbana Seixal Limpo, com o lema «Mais limpeza? Junte-se a nós!».

A campanha dá destaque ao investimento em meios humanos e materiais que a autarquia tem realizado nos últimos anos e fomenta uma sensibilização positiva, apelando aos munícipes para que colaborem com a autarquia, colocando o lixo no local certo e ajudando o município a manter o que é de todos, pois só assim será possível ter um concelho mais limpo. 

Desde 2015, foram investidos mais de 2,5 milhões de euros

Com efeito, nos últimos cinco anos, a autarquia tem vindo a investir em meios humanos e novos equipamentos com o objetivo de aumentar a sua capacidade de intervenção. Desde 2015, foram investidos mais de 2,5 milhões de euros em novos equipamentos e viaturas e na contratação de mais trabalhadores. Em 2018, a autarquia lançou um novo modelo de higiene urbana que visa melhorar a participação ativa dos cidadãos neste processo, o qual tem agora continuidade nesta nova fase da campanha.

Dejetos caninos – um problema de saúde pública

A câmara municipal está igualmente a desenvolver uma nova sensibilização para a problemática dos dejetos caninos, promovendo a preservação do ambiente e do bem-estar dos animais de estimação e das pessoas. Neste âmbito, vão ser distribuídos aos munícipes folhetos informativos onde são disponibilizados alguns sacos-luva para recolha dos dejetos caninos. Estes sacos-luva também podem ser encontrados nos jardins e espaços públicos, onde estão a ser instalados dispensadores de sacos para recolha dos dejetos, que devem ser colocados no contentor mais próximo. 

De acordo com o Regulamento Municipal de Gestão de Resíduos Urbanos (artigo 53.º), a deposição ou abandono de dejetos de animais na via pública, nos jardins ou em qualquer local do domínio público constitui uma contraordenação punível com coima entre os 25 e os 250 euros. 

Seixal já elimina ervas infestantes sem uso de pesticidas

O Seixal conta a partir de agora com três equipamentos de monda térmica, uma tecnologia inovadora que permite a eliminação de ervas infestantes no espaço público apenas com água, sem uso de pesticidas. Um investimento que ronda os 300 mil euros e que qualifica o trabalho realizado na área da salubridade e manutenção de espaços públicos e tendo em conta a recomendação para a redução da utilização do glifosato no combate às infestantes.

 

Onde colocar o lixo

Resíduos indiferenciados (lixo comum) 

Colocar em sacos bem fechados nos contentores para resíduos (verdes, enterrados e semienterrados). 

Resíduos orgânicos 

Se tiver um quintal/jardim, pode separar estes resíduos e colocá-los em compostores domésticos, transformando-os em fertilizante natural.

Embalagens de vidro, plástico, metal e papel/cartão 

Colocar no ecoponto mais próximo ou nos ecocentros. Estes serão processados na Estação de Triagem do Ecoparque do Seixal e, posteriormente, reciclados.

Monos domésticos (resíduos de grandes dimensões) 

Colocar junto ao contentor de resíduos mais próximo ou à sua porta, após agendamento. NÃO colocar junto ao ecoponto. Estes resíduos são recolhidos semanalmente em cada freguesia, devendo contactar a câmara municipal para agendar a recolha através da Linha Seixal Limpo ou pelo email seixal.limpo@cm-seixal.pt.

Resíduos verdes 

Colocar junto ao contentor individual nos dias de recolha estipulados para a sua área de residência ou no contentor coletivo, devidamente acondicionados, e tendo em atenção a quantidade, que não deve ser superior a 5/6 sacos. Pode também entregá-los gratuitamente no Ecocentro de Vale de Milhaços.

Resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos

Entregar na AMARSUL, Recielectric, Transucatas ou nos Pontos Eletrão existentes no concelho, no âmbito do protocolo com Amb3e.

Entulhos de pequenas obras 

Pode recorrer ao sistema de aluguer de big-bags em qualquer loja do munícipe ou entregá-los gratuitamente no Ecoparque do Seixal, até ao limite máximo de 1 tonelada por descarga e 4 toneladas por mês.

Óleos usados 

Utilize a rede de oleões existentes na via pública, para colocação de óleos alimentares.

Outros óleos não alimentares podem ser entregues no Ecocentro de Vale de Milhaços ou nos Serviços Operacionais da Câmara Municipal do Seixal. Esta recolha funciona com base no protocolo com as empresas Hard Level – Energias Renováveis e SOGILUB.

Pilhas e acumuladores

Coloque no pilhão dos ecopontos ou entregue nos pontos de recolha existentes em várias superfícies comerciais.

Roupa usada 

Coloque em sacos fechados e deposite nos contentores próprios existentes na via pública, no âmbito do protocolo com a Associação Humana. Pode ainda entregar em instituições de solidariedade social. 

Medicamentos fora de uso 

Entregue nas farmácias.

Partilhar

Está aqui