SeixalJazz Clube 2018

Em 2018, o SeixalJazz Clube estreia-se num novo espaço da antiga corticeira Mundet: o Armazém 56 – Arte Sx. Muitos anos depois da já longínqua primeira edição (aconteceu em 2001, nos antigos refeitórios da emblemática fábrica), é o recém-criado Armazém 56 a receber este evento onde se vive o ambiente de um clube de jazz e por onde já passaram inúmeras formações de músicos portugueses e estrangeiros.

O SeixalJazz Clube funcionará entre as 22 e a 1.30 horas, com as atuações dos grupos portugueses convidados a começarem às 23 horas (em dois sets: às 23 e às 0 horas).

Na zona exterior funcionará um serviço de bar e há também espaço para uma zona de venda de CD e discos de vinil. A entrada é livre.

Mano a Mano (18 e 24 de outubro)

SeixalJazz Clube @ Armazém 56 – Arte Sx
Entrada livre

Bruno Santos – guitarra
André Santos - guitarra

Dois irmãos, nascidos na ilha da Madeira, cujo virtuosismo na guitarra mereceu uma nota elogiosa na revista «Down Beat» na edição de março deste ano.

Editaram o seu primeiro trabalho em 2014 e, em 2018, lançaram o segundo volume de Mano a Mano. Além das guitarras e do seu virtuosismo incluíram neste último trabalho a tradicional braguinha/machete madeirense. Um disco essencialmente de jazz, mas transversal e que chega a outros estilos e outras pessoas.

Bruno e André são ambos graduados em guitarra jazz pela Escola Superior de Música de Lisboa.

Desidério Lázaro Quarteto (19 e 20 de outubro)

SeixalJazz Clube @ Armazém 56 – Arte Sx
Entrada livre

Desidério Lázaro – saxofones
João Firmino – guitarras
António Quintino – contrabaixo
Joel Silva – bateria

Reconhecido saxofonista com um percurso que o consagrou entre os melhores músicos portugueses de jazz, Desidério Lázaro editou este ano o seu quinto disco como líder, «Moving», pela editora independente Sintoma Records. Um trabalho com composições originais e que abrange uma panóplia diversa de ambiências sonoras.

O músico, agora a residir no concelho do Seixal, apresenta-se em quarteto, com uma formação de excelência.

Ricardo Pinto Quinteto (25 e 26 de outubro)

SeixalJazz Clube @ Armazém 56 – Arte Sx
Entrada livre

Ricardo Pinto – trompete
André Rosinha – contrabaixo (dia 25)
Hugo Antunes - contrabaixo (dia 26)
Ricardo Toscano – saxofone alto
Óscar Graça – piano
Luís Candeias – bateria

«A sul» é o título do terceiro trabalho discográfico do trompetista Ricardo Pinto. Apresenta-se no Seixal com esta sua nova formação, que inclui o saxofonista Ricardo Toscano.

Composições muito marcadas pelos sons retro dos anos 60, com abordagens mais modernas e improvisadas. Uma música que nos leva para ambientes cinematográficos com melodias fortes e cantáveis, sugeridas por harmonias abertas e de alguma forma dúbias. As atmosferas densas que assentam em grooves sólidos são a plataforma ideal para as improvisações ora melódicas ora energéticas e ferozes levadas, por vezes, ao limite da sua estabilidade.

André Rosinha Quinteto (27 de outubro)

SeixalJazz Clube @ Armazém 56 – Arte Sx
Entrada livre

André Rosinha – contrabaixo
João Barradas – acordeão
Eduardo Cardinho – vibrafone
Bruno Pedroso – bateria
Albert Cirera – saxofone

André Rosinha apresenta-se a liderar uma formação de excelentes músicos com quem gravou o seu mais recente trabalho, «Pórtico».

Conta com a cumplicidade de um dos mais conceituados acordeonistas do panorama mundial, o virtuoso João Barradas, e ainda com o saxofonista catalão Albert Cirera, o vibrafonista Eduardo Cardinho, atualmente a viver em Amesterdão, e o baterista Bruno Pedroso, o mais experiente músico desta formação.

Juntos oferecem um som empolgante. O estilo pessoal que cada elemento acrescenta ao produto final resulta num jazz surpreendente.

SeixalJazz Clube @ Armazém 56 - Arte Sx

 

Entrada livre.

Partilhar

Está aqui